• Associados:
Página Inicial


Confira aqui a agenda de eventos, reuniões e cursos
 
Cadastre seu e-mail e receba nosso informativo
 
 
  Seminários anteriores
 
  Contatos
 
  Dados Estatísticos
 
  Empresas Homologadas Res.245
 
  Eventos
 
  Fale Conosco
 
  Galeria de Imagens
 
  Glossário
 
 Legislação do Setor
 Links Importantes
 
  Orientações Jurídicas
 
  Parceiros do Asfalto
 
  Pesquisa Salarial
 
  Quem é o Associado
 
  Sugestão dos Associados
 
  Sugestões de Pautas da Diretoria
 
  Operadoras Telecom falta de sinal
 
Mais Serviços
 


Usuário:  
Senha:    

 
 
Facebook
Twitter

01/02/2010,00h:00m
Link Monitoramento adota o modelo de franquias para oferecer sua tecnologia em todo o país


A Link Monitoramento de Veículos é uma empresa nova, com um modelo de negócios inovador nessa área. Iniciou suas atividades em junho de 2009, em Curitiba (PR), oferecendo ao mercado um software que integra várias soluções de rastreamento. E adotou o modelo de negócios de franquias, para espalhar rapidamente seus serviços - e sua marca - por todo o Brasil.

Com o objetivo de manter sempre o mesmo padrão de qualidade dos serviços, a Link desenvolveu um software de gestão (ERP) próprio, destinado a facilitar o controle das empresas franqueadas. Possui, atualmente, 16 franquias no país - além da sede na capital paranaense - e seus serviços têm abrangência nacional. Para autorizar a abertura de uma franquia, a Link estabelece algumas condições, como a definição do espaço necessário para a operação, o layout e a escolha dos móveis e materiais. Ao mesmo tempo, promove a qualificação da equipe da empresa franqueada, por meio de treinamentos operacionais, técnicos e comerciais. 

"Todas as nossas franquias utilizam a marca Link Monitoramento e a mesma comunicação visual, que aparece nas centrais de monitoramento, escritórios, uniformes e crachás. Utilizam também os mesmos materiais de publicidade e os mesmos procedimentos (manuais operacionais, técnicos e comerciais)", afirma o diretor Silvio Torres.


 
O diretor da Link, Sílvio Torres


Para garantir o funcionamento ininterrupto das operações, a Link mantém um data center altamente estruturado. Além disso, replica suas informações em outro data center, terceirizado, que atua como infraestrutura de redundância.

FOCO NO CLIENTE

A Link oferece produtos com as tecnologias GSM/ GPRS e GPS. Para este ano de 2010, a empresa prevê um investimento de R$ 2,5 milhões, em inteligência de marketing, tecnologia, mapas, treinamentos, campanhas publicitárias e pesquisa de satisfação com clientes.

O principal desafio enfrentado pela empresa, no momento, é fazer com que todos os franqueados pensem e trabalhem com o mesmo foco: o cliente. "Para que todas as franqueadas estejam alinhadas, com o mesmo objetivo e a mesma 'cara', estamos explicando aos responsáveis pela franquia, bem como aos colaboradores e aos nossos clientes, as vantagens  de ter uma representação da empresa em sua cidade. Com a abertura de franquias e a descentralização das operações, os franqueados e os nossos clientes só têm a ganhar. A presença da empresa em diversas regiões se reflete na eficiência dos serviços prestados, com a assistência técnica pontual realizada por funcionários próprios, treinados, qualificados e comprometidos com o cliente", comenta Torres.

Toda essa preocupação tem gerado ótimos resultados para a Link, com redução do índice de inadimplência dos clientes, do custo operacional e preço final extremamente competitivo. Além disso, tanto franqueados como clientes têm se mostrado bastante satisfeitos.

MERCADO

Para a Link, o mercado brasileiro ainda não está suficientemente maduro e consciente da importância das atividades de monitoramento e rastreamento. "Mas o mercado está amadurecendo e 'aprendendo' a uma velocidade excelente. Ao mesmo tempo, está cada vez mais exigente em relação ao atendimento e aos serviços prestados. E as empresas que quiserem crescer nesse mercado terão que ouvir seus clientes. Além disso, precisarão ser criativas, investir no treinamento de seus colaboradores e reduzir custos, de modo a oferecer aos clientes soluções inteligentes a custos acessíveis. É assim que a Link trabalha", orgulha-se o diretor. 

A  Link também acredita que hoje existe uma demanda reprimida no mercado, que começa a dar sinais de que esse tipo de serviço será cada vez mais requisitado, especialmente com a redução dos custos - que vêm caindo gradativamente. "O Brasil possui cerca de 50 milhões de veículos circulando nas ruas atualmente, mas apenas 1,5 milhão são monitorados. Isso indica que há um grande potencial de mercado; porém, só conseguirão conquistar seu espaço nele as empresas capazes de atender seus clientes com eficiência", completa Torres.

FUTURO DA ATIVIDADE

Na visão da Link Monitoramento, a prestação de um bom serviço voltado para o cliente é fundamental para impulsionar a atividade de rastreamento e monitoramento no país. "Só conseguiremos fazer esse mercado deslanchar quando as empresas se conscientizarem da importância de ouvir seus clientes e de levar a eles soluções pontuais, inteligentes, com custos operacionais baixos. Com a Resolução 245, que provavelmente entrará em vigor em 2010, deverá aumentar significativamente a procura por esse tipo de serviço. Porém, a realidade atual é um mercado enorme, cheio de oportunidades, aguardando bons prestadores de serviços", finaliza Silvio Torres.

www.linkmonitoramento.com.br


Informações para a imprensa:
Pimenta Comunicação
Denise Fortes
(+55 11) 2858-9193
(+55 11) 9488-4400
denise@pimenta.com
www.pimenta.com
Jornalista Responsável: Regina Pimenta - (MS: 5070)

 

Envie esta noticia
 
 Voltar

Banco de Curriculos

Logis
Telematics Brazil & Latam 2014
 
 


 
 
Este site foi acessado
18468422 
desde Abril de 2007


© Copyright 2005-2007 - GRISTEC - Todos os Direitos Reservados - R. Bertioga, 149 - cj. 35 - São Paulo - SP
Tel.: (11) 3807-3397 - email: contato@gristec.com.br